Bacharelado em Direito

Campus Reitor Edgar Santos

 

IDENTIFICAÇÃO

Turno: Integral

Início de Funcionamento: 22/05/2017

Carga horária: 3.733 horas

Periodicidade: 10 semestres

Integralização mínima: 5 anos

Integralização máxima: 15 semestres

Vagas Autorizadas: 40

Centro vinculado: Centro das Humanidades

E-mail do Centro: censino.cehu@ufob.edu.br

 

DOCUMENTOS

Fluxograma (em construção)

Projeto Pedagógico do Curso

 

CARACTERIZAÇÃO ACADÊMICO-PROFISSIONAL DO EGRESSO

Para atender o perfil profissiográfico desejado pelo curso, pretende-se desenvolver três linhas gerais de habilidades: habilidade conceitual (o saber aprender), para perceber, dentro de uma visão abrangente e integradora do mundo e da sociedade, as diferenças culturais, econômicas e étnicas e sua sinergia entre as partes, mantendo os interesses grupais acima dos individuais; habilidade humana (saber ser e saber conviver), que permite trabalhar com pessoas, entendendo os processos motivacionais e utilizando-se de técnicas de liderança situacional; e, por fim, habilidade técnica (o saber fazer), ou seja, a capacidade de aplicação dos conhecimentos técnicos, métodos e ferramentas necessários à execução de atividades específicas ligadas à profissão escolhida. Dessas habilidades serão geradas outras, de acordo com as especificidades requeridas pelas diferentes áreas de atuação profissional. 

No momento em que o curso, coletivamente, coloca-se a discutir e desenhar o perfil do profissional que pretende formar, toma-se como referência não só o objetivo definido, como também a concepção filosófica e política que norteia seu projeto pedagógico. São esses pressupostos que asseguram a unidade conceitual do currículo e vão definindo a silhueta desse profissional e as competências requeridas para sua atuação. 

Ao se definir o perfil do egresso do Curso de Graduação em Direito, foram levadas em consideração as Diretrizes Curriculares Nacionais estabelecidas para o curso, as necessidades do mercado de trabalho na área profissional, em âmbito nacional e regional, as tendências e pesquisas sobre a evolução profissional na área do curso, a identidade, as políticas e a missão da IES assim como os conhecimentos, as competências e as habilidades requeridas para o exercício profissional. 

Portanto, em consonância com a Resolução CNE/CES N° 5, de 17 de dezembro de 2018, que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Direito e os Referenciais Curriculares Nacionais dos Cursos de Bacharelado e Licenciatura, o Curso de Graduação em Direito deverá possibilitar ao egresso exercer as profissões jurídicas. Para tanto o mesmo deverá revelar o perfil:

  1. Atuar para o enfrentamento dos mecanismos judiciais e extrajudiciais de soluções de conflitos e para a compreensão dos sistemas de direito e de justiça nas dimensões nacional e internacional;

  2. Conhecer e utilizar as fontes de Direito (leis, artigos, livros, sistemas de informações eletrônicos) para acompanhar as mudanças legislativas, de interpretação, aplicação e criação de direitos;

  3. Trabalhar individual e coletivamente para a solução de problemas jurídicos;

  4. Expressar-se em linguagem clara e precisa; 

  5. Desenvolver habilidade de tomar decisões fundamentadas, de atuar em diferentes instâncias sociais e institucionais;

  6. Possuir conhecimentos interdisciplinares que o capacitem a adaptar-se às mudanças políticas, sociais e jurídicas em todos os níveis;

  7. Compreender fenômenos políticos, sociais, econômicos, ambientais, culturais e psicológicos, considerando-os para a interpretação e aplicação ao Direito;

  8. Ser consciente da dimensão ética das profissões jurídicas e de sua responsabilidade social.

  9. Possuir capacidade de análise, domínio de conceitos e da terminologia jurídica, adequada argumentação, interpretação e valorização dos fenômenos jurídicos e sociais;

  10. Demonstrar postura reflexiva e de visão crítica que fomente a capacidade e a aptidão para a aprendizagem autônoma e dinâmica, indispensável ao exercício da Ciência do Direito, da prestação da justiça e do desenvolvimento da cidadania.

 

ÁREAS DE ATUAÇÃO

O Bacharel em Direito poderá atuar:

  1. Na Magistratura em órgãos públicos (juízes, desembargadores e ministros de tribunais superiores); 

  2. No Ministério Público (promotores de justiça ou procuradores da república); 

  3. Na Advocacia Pública (Procuradores do Estado, Procuradores do Município

  4. Advogados Gerais da União); 

  5. Como Delegado de Polícia;

  6. Como Defensor Público; 

  7. Em escritórios de advocacia; 

  8. Em departamentos jurídicos de empresas e instituições financeiras; 

  9. Em organizações diversas na defesa técnica de seus interesses;

  10. De forma autônoma, em empresa própria ou prestando consultoria.